Reprodução Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

A Rússia registrou nesta segunda-feira 10.581 casos a mais de covid-19, a doença provocada pelo novo coronavírus, em número próximo ao de ontem, o maior alcançado desde o início da pandemia no país.

De acordo com os dados divulgados pelo gabinete de crise montado pelo governo russo, 82 das 85 regiões do país contabilizaram ao menos uma ocorrência de infecção.

Depois de acrescentar 10.633 casos no domingo e mais 10.581 hoje, o total no país chega a 145.268. O número de mortes subiu na comparação com o boletim de ontem, indo de 58 para 76, o que eleva o cômputo geral para 1.356.Depois de acrescentar 10.633 casos no domingo e mais 10.581 hoje, o total no país chega a 145.268. O número de mortes subiu na comparação com o boletim de ontem, indo de 58 para 76, o que eleva o cômputo geral para 1.356.

O epicentro da pandemia na Rússia segue sendo Moscou, que registra mais da metade dos casos confirmados em todo o território. Nas últimas 24 horas, foram 5.795 ocorrências de infecção e 35 mortes apenas na capital.

Ainda de acordo com os dados apresentados hoje pelo governo, o número de curados da Covid-19 supera os 18 mil.