Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Há tempos que, como Cadeirante e Consumidor, venho observando e cobrando do comércio e estabelecimentos das cidades por onde passo, da importância da ACESSIBILIDADE nos estabelecimentos. Em Palmeira dos Índios, por exemplo, salvo necessidade extrema, eu só entro em lojas que têm acessibilidade em suas dependências. E COMO É BOM VER QUANDO EMPRESÁRIOS E COMERCIANTES TÊM ESTA PREOCUPAÇÃO. Há alguns meses, o funcionário/vendedor e meu amigo pessoal, JOSÉ FLÁVIO SANTOS DA SILVA, havia me dito que a loja passaria por uma reforma e a ACESSIBILIDADE seria contemplada. É preciso lembrar que, a falta de acesso é comum à maioria dos estabelecimentos, já que a maioria dos prédios do centro da cidade, além de bem antigos, foram construídos numa época em que a Inclusão Social, não era uma política pública, quiçá uma realidade.

A partir de hoje, a SKALA Modas, loja de calçados, CONTEMPLA SEUS CONSUMIDORES com Rampa de acesso, espaço interno com locomoção livre de óbices, além de ter, também, um banheiro adaptado, para que Cadeirantes, entre outros, possam usar. É PRECISO LEMBRAR QUE, QUANDO SE PENSA EM ACESSIBILIDADE, NÃO ESTAMOS FALANDO EM ESPAÇOS PARA “PESSOAS COM DEFICIÊNCIA”, APENAS, MAS TAMBÉM E PRINCIPALMENTE, IDOSOS, GESTANTES E/OU AQUELES OU AQUELAS QUE TÊM ALGUMA DIFICULDADE EM LOCOMOÇÃO.

Dia 03 de Dezembro é o “Dia Mundial da Pessoa Com Deficiência”, PARABÉNS AOS EMPRESÁRIOS MARCOS ROBERTO DE ALMEIDA E JULIANA BECKER DAVID, conhecidos pela enorme simpatia, atendimento, empreendedorismo, mas principalmente, pela visão humana que ambos têm de seus consumidores. AGORA, ALÉM DO ÓTIMO ATENDIMENTO QUE TEMOS DE SEUS FUNCIONÁRIOS E BONS PREÇOS, TEREMOS TAMBÉM UM ESPAÇO QUE CONTEMPLA “INCLUSÃO SOCIAL”. Por mais que para alguns, pensar em Acessibilidade, possa parecer algo trivial e/ou espontâneo, já que realmente deveria ser esta atitude de empresários e comerciantes; infelizmente, não é bem assim. A despeito de a “Lei Brasileira de Inclusão” LEI 13.146/15, contemplar em seus Artigos que QUER SEJAM ESTABELECIMENTOS PÚBLICOS OU PRIVADOS, SE HÁ USO COLETIVO, ESTES DEVEM SER ACESSÍVEIS, Nós, PESSOAS COM DEFICIÊNCIA, ainda temos muitos obstáculos arquitetônicos a superar e, quando temos lugares acessíveis, tudo fica mais fácil. TODOS TÊM A GANHAR.

Que este exemplo seja seguido por outros empresários e empresárias, uma vez que, AS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA, são, há muito tempo, consumidores e consumidoras. E que, não raro, deixam de comprar pelo simples fato de não poderem adentrar às dependências da maioria dos estabelecimentos comerciais da cidade. PARABÉNS “SKALA Modas”... “Deem-nos Acessibilidade e Moveremos o Mundo.”