Divulgação Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

O Ministério da Saúde emitiu no fim de julho, a Nota Informativa nº 173/2019 que alerta para a importância da vacinação contra o sarampo para crianças de seis meses a menores de um ano de idade. O Brasil, atualmente, apresenta três estados brasileiros com surtos ativos: São Paulo, Rio de Janeiro e Pará.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Palmeira dos Índios tranquiliza a população e informa que o município está fora da rota do surto, o que não impede que as crianças sejam vacinadas ou mantenham a vacina contra o sarampo em dia. O Ministério orienta que crianças nessa faixa etária, que forem viajar para estados em surto ativo, tomem a vacina com 15 dias de antecedência à viagem.

A coordenadora do Programa Nacional de Imunização (PNI) Laryssa Dalacorte informou que há vacina contra o sarampo em todas as unidades de saúde e que os pais vacinem os filhos, principalmente aqueles que forem viajar. “Em outubro, teremos uma campanha multivacinação que engloba outras vacinas, mas isso não impede que a criança seja vacinada desde já. Por hora, gostaríamos que os pais levassem suas crianças que ainda não tomaram a vacina ao seu posto de saúde e que mantenha a caderneta de vacina atualizada”, frisou a coordenadora.