Abertura de Congresso de Direito reúne mais de mil pessoas em Maceió

  • teresa
  • 30/04/2009 12:57
  • Maceió
Mais de mil pessoas estiveram presentes na noite desta quarta-feira (29), no Centro Cultural e de Exposições de Maceió, na abertura do VIII Congresso Nacional de Direito Público que contou com conferência magna do jurista Celso Antônio Bandeira de Mello.

Em sua palestra que teve como tema principal “A transformação do Direito pela ética: em busca de uma nova consciência jurídica” o professor emérito da Pontifícia Universidade Católica de São (PUC/SP) falou da moralidade de nossos políticos e fez sugestões para resolver o problema ético no País.

“É preciso acabar com o voto obrigatório e ensinar o povo brasileiro os seus direitos. Só deve votar quem tem um mínimo de informação. Se as pessoas não sabem o que fazem os nossos governantes, que significado democrático tem isso?” indagou Celso Antônio Bandeira de Mello.

A abertura do Congresso também contou com encenação teatral sobre Graciliano Ramos que é o grande homenageado do evento. “Graciliano foi um grande exemplo de homem ético na vida pública e um entusiasta da simplificação da linguagem”, explicou Hermann Braga, advogado e diretor da JurisBrasil entidade realizadora do evento.