Caminhão da Sucolândia é assaltado em Boca da Mata

  • teresa
  • 27/04/2009 13:45
  • Polícia
O caminhão da fábrica de polpa de frutas Sucolândia foi assaltado na estrada de Boca da Mata. De acordo com os funcionários,  que estão neste momento fazendo o boletim de ocorrência na delegacia de São Miguel dos Campos, o veículo foi interceptado por um Eco Esporte com cinco homens armados e usando boné, que os levaram para uma plantação de cana onde roubaram toda a carga do caminhão, avaliada em R$ 4 mil, dois celulares e cerca de R$ 200 em espécie. 

A proprietária da fábrica, Socorro Nunes, disse que em função dos assaltos freqüentes que tem sofrido já quase não recebe dinheiro em espécie, preferindo que os clientes façam os pagamentos por meio de boletos bancários. Ele denuncia que suas filiais localizadas nos bairros do Farol e na Avenida Jatiuca tem sido assaltadas pelo menos uma vez por semana.

A maior preocupação da proprietária é com o consumo das polpas que foram roubadas. “Esses produtos seguem regras rígidas de acondicionamento, sendo necessários que sejam transportados sob temperatura de -16°, sob o risco de estragarem e causar danos à saúde de quem os consumir”, alerta.

Socorro Nunes informa que os funcionários da fábrica  sempre estão com crachás e uniformizados com camisas vermelhas e calça jeans, ambos com o logotipo da Sucolândia bordado bem visível. Ela explica que os clientes fazem pedidos com antecedência e recebem por funcionários devidamente identificados e os revendedores autorizados da empresa possuem o freezer com o logotipo da fabrica nos pontos de venda. “Peço que as pessoas não comprem polpas da sucolândia de vendedores sem essas características, porque nossas mercadorias são naturais, sem nenhum contato humano e precisam ser estocadas devidamente”.

A proprietária informou também que, na semana passada, houve um arrastão no Virgem dos Pobres que assaltou vários carros que estavam parados na orla da Lagoa, incluindo um carro da fábrica que fazia entregas no local.  “Vários carros foram assaltados com facas e canivetes”. Ela diz que também na semana passada, a loja da Jatiuca foi assaltada pelas sexta vez, só esse ano. “Na loja do Farol a situação ainda é pior, pelo menos 10 vezes, por sorte, alguns assaltos foram evitados porque a empresa de segurança que monitora a loja, conseguiu chegar a tempo. Outra vez, uma cliente que estava em compras teve o carro roubada na frente da Loja da Jatiuca”.

Os funcionários tentaram registrar o ocorrência em Boca da Mata, mas foram informados na Delegacia que na segunda-feira não são feitas ocorrências naquele local, somente em São Miguel dos Campos. Ao chegar em São Miguel , a ocorrência não pode ser registrada por que o sistema estava fora do ar, de acordo com o responsável da Delegacia.