Assessoria Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true APAE Palmeira dos Índios

Na manhã desta quinta-feira, 21, a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais - APAE, realizou um circuito multiprofissional em comemoração ao dia internacional da síndrome de Down. As atividades objetivaram a potencialização da capacidade motora, cognitiva, fonológica, pedagógicas e ocupacionais, contando também com orientações aos pais sobre a estimulação de seus filhos.

Segundo o Psicólogo Diego Vieira, as crianças com alguma necessidade especial tem mais em comum com outras pessoas do que diferença. "As pessoas com síndrome de Down têm muito mais em comum com o resto da população do que diferenças."

Circuito multiprofissional APAE
Circuito Multiprofissional APAE

 

Já o Fisioterapeuta Dr. Rener Araújo afirmou que os pais com filhos que possuem a síndrome de Down ficam surpresos ao ver e saber que eles são capazes de sentir, amar, aprender, se divertir e trabalhar, como qual quer outra criança, basta que ela seja estimulado por um profissional. "Se você pai ou mãe de uma pessoa com Donw, saiba que o mais importante é descobrir que seu filho pode alcançar um bom desenvolvimento de suas capacidades pessoais e avançará com crescentes níveis de realização e autonomia" explicou Rener.

O objetivo da APAE é mostrar que eles podem ler e escrever, ir a escola como qualquer outra criança e levar uma vida autônoma. Em resumo, ele poderá ocupar um lugar próprio e digno na sociedade.