Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Natural da cidade de Palmeira dos ͍ndios, Ana Karolina Gama de Moraes, 29 anos, luta dia a dia pela vida, há cerca de um ano e dois meses. Ela está internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital do Coração, em Maceió e precisa de um transplante de cardíaco..

Familiares relatam que, Karol como é conhecida, precisa de um transplante de coração com urgência, pois sofre de miocardiopatia periparto. Há alguns dias o quadro clí­nico dela piorou muito, e então ela passou a ocupar a fila de transplante.

Eles contam que, o diagóstico aconteceu 48 horas após a jovem ser mãe de sua primeira filha, hoje com pouco mais de um ano. A doença é de ocorrência rara e está associada com a disfunação cardíaca e ocorre no final da gestação com um alta mortalidade materna.

Em um texto que circula nas redes sociais assinado pela prima de Ana Karolina, Alyne Gama, ela conta que nas duas últimas semanas, surgiram quatro corações compativéis, mas os familiares dos falecidos não autorizaram a doação e que espera o parecer de uma quinta familia acerca da doação de uma coração compatível que surgiu.

"Entendemos a esperança dos familiares daquele ente que já teve a morte cerebral declarada (que ocorre quando o cérebro deixa de funcionar completamente, e por isto, a pessoa nunca irá se recuperar), mas acreditam que milagrosamente ele irá voltar à vida. Entendam: o milagre da vida é justamente seu ente continuar vivo em outro. POR ISSO, DOE!!". Diz a prima

Com TodoSegundo*