Assessoria Eb31d7a8 934b 4c50 a6ad fff59bc1d258

O prefeito Júlio Cezar, representantes do Banco do Brasil e da empresa Somart Engenharia e da Secretaria Municipal de Assistência Social iniciaram hoje (27), a realização da assinatura dos contratos das primeiras 320 casas do Conjunto Brivaldo Medeiros, setor 2. Até a sexta-feira (30), sorteados de 12 quadras do Conjunto darão o grande passo para receber as casas tão sonhadas por centenas de famílias. No dia 10 de dezembro será feita a entrega das chaves das unidades habitacionais para quem já foi sorteado e assinou o contrato, de acordo com os critérios definidos pelo Ministério Público.

A dona de casa Isadora da Silva Santos, primeira a assinar o contrato da casa própria, disse que a espera, finalmente, chegará ao fim. “Agradeço muito ao prefeito Júlio Cezar, por ter lutado para que a gente conseguisse ter de volta as nossas casas, novinhas. Só Deus sabe o que passamos. Mas graças a Ele, ao prefeito e a tanta gente boa, em poucos dias estaremos em nossas casas”, falou Isadora.

A secretária Municipal de Assistência Social Mônica Targino destacou a emoção que tomou conta de todas as pessoas que estavam ansiosas para assinar os contratos. "Isso é o mínimo que poderíamos fazer, mas sabemos para vocês isso é tudo, e vemos cada lágrima nos rostos ansiosos. Assim que vocês estrarem nas casas, agradeçam a Deus por tudo que Ele tem proporcionado, além do Governo do Povo. A nossa vontade é fazer ainda mais pelo povo palmeirense", frisou a secretária, que foi respaldada pelo gerente do Banco do Brasil Petrúcio Souza. “Estamos muito felizes com este momento. Sabemos que não foi nada fácil, mas com muita luta conseguimos reaver as casas e reiniciar a obra para os moradores do Brivaldo Medeiros e Antônio Ribeiro”, completou.

O prefeito Júlio Cezar ressaltou que ofertar qualidade de vida e dignidade é um dever do poder público. “E isso começa com a moradia digna. Fizemos questão de vir aqui neste momento tão importante. Agradeço a todos os nossos parceiros, aos bancos do Brasil e Caixa, aos promotores Thiago Chacon e Rogério Paranhos e à Somart. Foram 18 reuniões em Brasília e todas as vezes eu saía sempre com o sentimento de dúvida. Agradecemos à Casal e Ceal, pois agora tudo está funcionando, com água, energia e aquecedor. Mesmo com algumas pessoas torcendo contra, as coisas deram certo. Neste local aconteceram mortes e o tráfico tomou conta, mas trouxemos as ações da prefeitura para cá. E quando isso acontece, a criminalidade desaparece”, afirmou o prefeito.

E continuou. “Falei em campanha que se eu fosse prefeito buscaria 50 milhões para construir os conjuntos e conseguimos. Hoje é um dia muito importante, pois estes documentos garantem que cada casa terá do proprietário no imóvel. Agradecemos, também, aos deputados federais Marx Beltrão e Artur Lira, ao senador Benedito Lira por todo suporte e todos da Secretaria de Assistência Social. Em pouco tempo outras 800 famílias terão a mesma sorte de quem já assinou estes contratos. Dia 10 será a entrega das chaves das casas, em definitivo, pois todos têm direito a uma moradia digna. E foi a esperança, a fé em Deus e a confiança que fez com que tudo isso acontecesse", finalizou o prefeito Júlio.