Assessoria Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Sempre tive um sonho de que a minha terra tivesse uma clínica que tratasse especialmente de pacientes portadores da Síndrome do Espectro Autista.

Partia-me o coração quando conversava com mães de autistas e elas me relatavam que teriam que se dirigir a Arapiraca ou Maceió para que seus filhos fossem tratados. Como Vereadora percebi que poderia fazer algo para amenizar o sofrimento dessas famílias.

Na tarde de 25 de maio passado, com o intuito de conhecer a Casa Azul de Arapiraca, instituto que cuida de autistas, convidei a Secretária de Saúde, Kátia Born, para que me acompanhasse. E prontamente ela me atendeu!

Então fomos lá, acompanhadas da Secretária de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Anna Luísa França e da professora  Zélia Sabino (Zelinha).

A Casa Azul da cidade de Arapiraca atende 80 pacientes  autistas, com terapias especializadas, incluindo a equoterapia.

A nossa visita foi a pedido do prefeito Júlio César, que atendendo ao meu pedido, mostrou interesse em implantar em nossa cidade um Centro Especializado em Autismo.

Pois bem, após 03 meses da nossa visita, Palmeira dos Índios contará com a APAE -  Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais. A prefeitura e a Secretaria Municipal de Saúde farão a entrega da nossa “Casa Azul”, nesta sexta-feira (18).

A nossa “Casa Azul” terá uma equipe multidisciplinar composta de fisioterapeuta, terapeuta ocupacional, psicólogo, fonoaudiólogo, assistente social, médico e psicopedagogo. Assistirá cerca de 120 pessoas nas áreas de reabilitação física e intelectual. Os programas irão atender pacientes portadores do autismo, com dificuldades de habilidades cognitivas, com alterações no desenvolvimento neuropsicomotor ou situações de alto risco, como também fisioterapia em traumato-ortopedia.

Mas a luta continua, vamos batalhar para que a “Casa Azul” palmeirense ofereça também o tratamento através da equoterapia.

A “Casa Azul” fica na Rua Antônio Capitulino, n°100, no Centro, próximo a Casa de Show Aquarius.

Agradeço imensamente ao prefeito Júlio Cézar por ter também abraçado esta causa, bem como a querida Secretária Kátia Born, que não mediu esforços para que meu sonho e o de muitos pais palmeirenses fossem realizados.

A vocês, meu muito obrigado!